http://blogueirashame.com.br

Mendiguismo do dia




Oi?



68 comentários:

  1. Alguém viu o site Amiga, tô bonita?
    huahauhauhauhau
    Tem até vídeo da época de modelete da Super Vaidosa!!
    Comédia!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vi, um horror!!!
      E agora fica pagando de ryca e fyna.

      Excluir
    2. OMG... Cade esses videos?? Preciso ver hahahahhaah

      Excluir
    3. Ta no site amiga, tou bonita? Foi postado ontem.

      Excluir
    4. AHHHHHHHHHH ACHEEEI, OMG O QUE É ISSO??? =O

      Excluir
    5. Isso só prova o que todo mundo já sabe, não existe mulher feia, só mulher pobre.

      Excluir
    6. Realmente, de muito mal gosto os modelitos, mas acho que têm que separar um pouco as coisas, aquilo era o estilo dela ou era o que o trabalho dela como modelo pedia?
      Assim como um ator veste um personagem, modelo fica escolhendo de acordo com seu gosto? Tô me referindo a uma modelete sem nome...
      Sem conta que é coisa de um tempo atrás, vamos dar uma olhada nas nossa fotos do passado, coisas que eram da moda dá certa vergonha de serem vistas, mas ainda bem que não estão na rede como da SUPER que não tá bonita, nem sequici, hoje as imagens que vemos estão bem melhores.
      Muitos nós deve ter progredido como ela e se aquilo fosse o estilo da própria hoje, aí seria musa do ATB.

      Excluir
    7. Pra mim é comédia e ponto, não só pelas roupas, mas pelas caras e bocas...

      Excluir
    8. a questão é: ela é se faz de tão rica coisa que ela não é e nunca foi, vc acha que uma pessoa tivesse dinheiro ficaria se expondo dessa maneira.
      acho ela muito montada, sendo uma coisa que ela nunca é.

      Excluir
    9. O melhor foi ler os comentários no post da Bunny.
      Falam sobre uma blogueirinha que "foi cantora de banda de forró e fazia striptease nos shows".
      Que babado deuso!

      Excluir
    10. Mas gente isso é crowfounding.. :S bem normal

      Excluir
    11. Quando uma empresa não consegue um financiamento com os bancos, ela se associam com os próprios clientes, não se trata de uma doação, senão, uma pré-compra. Aqueles que fazem a "doação" tem os produtos garantidos. Esse estilo de compra/investimento é bem comum fora do Brasil. Sendo tão difícil para pequenas empresas garantirem um empréstimo, esta se torna uma solução fácil.

      Excluir
    12. de quem vcs estao falando, ryca e fina? nao entendi? q video?

      Excluir
    13. que que isso tem a ver com o post?

      Excluir
  2. Hahahaha... me mato de rir com esses absurdos!!! Vou começar a campanha "Me ajude pagar a minha casa". Quando ela estiver pronta eu convido quem colaborou para jantar! Bjs Vivi C

    ResponderExcluir
  3. Me recuso a acreditar que isto é verdade. Pára o mundo que eu quero descer!!! Não sei como classificar esta atitude, cara de pau é pouco. A cada dia o povo se supera.

    ResponderExcluir
  4. Ah não... só pode ser mentira! É o fim da picada!

    ResponderExcluir
  5. Quem é o idiota que faz esse tipo de doação?

    ResponderExcluir
  6. Que deselegante!!!huahuahua

    ResponderExcluir
  7. Choquei horrores. Mais ainda quando achei o site no Google e vi os "brindes super especiais". Gente, se você doar R$ 75 você ganha um "kit super lindo de borrachinhas em formato de biscoito". Tipo, Oi?! Amigue, essas borrachinhas você acha em qualquer loja de china por R$ 5. Morri.com.

    ResponderExcluir
  8. Pelo que eu vi é um projeto pra eles lançarem a coleção.
    A pessoa dá uma quantia e qnd lança pede uma peça e deduz a doação do valor.
    É isso?

    Sei lá, tem muita marca pequena sem grana pra investir e que tem um pessoal que gosta.
    Acho que quem ajuda já deve conhecer e querer ter os ítens da marca.

    Não consegui achar o problema.
    É pq eles não tem grana pra investir?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Queridinha ACORDA!!! Você doa dinheiro pra poder comprar da loja? Isso realmente faz algum sentido pra vc?

      Excluir
    2. Que lady. Ninguém nunca me chamou de queridinha. Rs.

      Na verdade eu nem tô defendendo, não.
      Nunca comprei lá e nem vou comprar pq não é do meu gosto.
      É que esse esquema é muito usado com produção cultural e ninguém mete o pau.
      Com livros, por exemplo.
      Vc doa, o autor consegue viabilizar o projeto e depois vc recebe o livro.
      Em show, vc doa, quando atinge o esperado eles contratam o artista e vc pega seu ingresso.

      E é sempre tão apoiado esse tipo de projeto.
      Queria só entender pq pra livro e show é ok e pra roupa é absurdo.
      Nem todo mundo é bloguete rica q vai pra europa fazer compras.
      Ou que compra nas melhores redes do país.
      Tem muita coisa diferente por aí. Gente que não quer vestir o que a menina do bloguinho x tá usando. Gente que gosta de um estilo difícil de achar.
      Enfim.

      E não. Não entro em loja e deixo dinheiro lá pra voltar depois e pegar minha roupa.
      Mas talvez a internet tenha mudado o modo de consumo das pessoas.
      Vai saber.

      Excluir
    3. sim, já vi bastante de produções culturais, banda, etc... mas faz bem mais sentido!

      Excluir
    4. A diferença pode estar na prestação de contas no final. Quando isso acontece com produção cultural costuma ser mais limpo. Geralmente as organizaçoes, em forma de agradecimento colocam o nome da pessoa e o quanto ela doou e etc. Pra se produzir uma peça de teatro por exemplo, dependendo da história se gasta horrrroooooores! Agora pra fazer um biquine, mesmo vintage, não se gasta nem 15 reais por unidade! Se a empresa é pequena é muito mais interessante ela investir em fundos de crédito com o governo, que tem taxas baixissimas e ela ainda pode parcelar o investimento, usando, por exemplo, o cartão bndes. Por isso é estranho. Pra uma empresa pedir doaçoes envolve muito mais que só esse anuncio aí. Ela tem que declarar na renda dela as doações, não é tao simples assim. Então imagina, a amiga aí tem um custo de 20 reais para produzir uma peça, aí vem o fulano e doa 10 reais, depois ela vende essa peça pro mesmo fulano por 60. Então o custo real foi de 10 reais com um lucro de 50 e a pessoa ganha um chaveiro que custou 0,50 centavos. Não sei se é o caso, mas é importante desconfiar.

      Excluir
    5. Entendi.
      Faz muito sentido.

      Mas se o valor vai ser deduzido da peça que o colaborador vai querer, e a peça tem um valor fixo, dá na mesma.
      A pessoa deu 10 reais. A roupa custa 50. Ela vai pagar 40 pq já havia dado 10.

      Quanto a questão do lucro, realmente. Pq ela não declara isso (mas até aí nenhuma loja fala o preço real do produto. como exemplo tem as confecções que até escravo usam)

      Então assim qualquer projeto que usa essa ferramente pode ter um lucro não declarado.
      O cara que faz o livro pode dizer que precisa de dez mil pra fazer sei lá, 300 livros. E na verdade os 300 livros sem pagaram com dois mil. O resto foi um lucro não declarado.

      Complicado isso.

      Excluir
    6. Quando não se tem grama para investir no negócio pega EMPRESTIMO NO BANCO amiga não fica mendigando no blog.

      Excluir
    7. E mais, a blogueira também "doou" uma divulga,ão ou para isso eles tinham recursos?hehehe

      Excluir
    8. Gente, para, isso não é aceitável. NUNCA. Quando você participa, por exemplo, de cotização de show e paga um valor maior para viabilizar o show, normalmente quando os ingressos são vendidos você recebe de volta uma parte do que investiu proporcional a quantidade de ingressos vendidos. Justo. Todos saem felizes.

      Mendigar no blog que não dá.

      Excluir
    9. Eu já comprei varias coisas com essa loja. Elas possuem um pequeno atelier na cidade e trabalham honestamente.

      Excluir
  9. fiz o mesmo que a Isa e realmente, É RIDÍCULO.
    como as pessoas podem ser idiotas ao ponto de "doar" 250 pra ganhar BANDEJAS, sabe?

    ResponderExcluir
  10. E não tem banco para pegar empréstimo né?
    Super juros baixos para micro empresários... Peeelamor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o nome no serasa, spc AND etc?

      Excluir
  11. Titia, que saudade de dar "setinha para cima ou para baixo" (não sei o nome, hihihi)!
    Mas beleza, aguardamos o novo layout ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daria uma setinha pra cima nesse comentário!

      Excluir
  12. Aqui no Brasil a vergonha na cara já sumiu a muito tempo. O pior é que existe quem cai nessa.

    ResponderExcluir
  13. hahahahaha esse gif é o melhor!!!

    ResponderExcluir
  14. "... serão deduzidos..."? haha...

    ResponderExcluir
  15. Gente, vcs notaram que o site que trata disso é um site para financiar projetos de forma colaborativa? As pessoas apresentam seus projetos e quem se interessar pode financiar isso. Tem de tudo lá.
    É um formato super moderno e que já está sedimentado no mundo todo para ajudar as pessoas que não têm condições de financiar seus projetos sozinhos e contam com a colaboração dos demais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente.
      Um monte de gente usa isso.
      De roupa eu nunca participei, mas de livro, já.

      Não vi nada demais em fazer isso. Achei tão bacana a ideia.
      Eu sempre acessava o site do autor.
      Quando ele quis fazer a versão impressa achei legal.
      Não achei que fosse cara de pau da parte dele, afinal eu queria ter o produto.

      Excluir
    2. CROWDFUNDING isso gente, super comum no mundo inteiro...mas nem perca seu excelente portugues pra fazer alguem concordar com vc aqui. A cabeca das leitoras deste blog nao esta preparada pra isso :/

      Excluir
    3. Amor, crowdfunding é uma coisa. Você investe numa coisa e depois recebe um feedback por isso, descontos consideráveis no produto final e até restituições proporcionais a quantidade das vendas.

      Mas doar dinheiro, receber brinde fuleiro e depois ainda pagar pelo que você investiu é muito ilógico para qualquer um.

      Excluir
    4. É crowdfunding SIM! Vc procurou o site no google??
      Não é nenhum blog! É um site de projetos financiados de forma colaborativa. Não é nenhuma "bloguete" mendigando não!

      Excluir
    5. Gente. Espera.
      Vocês leram o post?

      Lá fala
      "VOCÊ PODE AJUDAR COM DOAÇÕES QUE SERÃO DEDUZIDAS DO VALOR DA PEÇA NA HORA DA COMPRA"

      Posso estar completamente errada, mas entendi que depois da coleção lançada, vc pode escolher sua peça e terá o desconto no valor da sua doação.
      Por exemplo: gostei de um chapéu que custa 70. Tinha doado 20. Vou pagar 50.
      Exatamente como acontece com outras vaquinhas.

      Se faltei a essa aula de interpretação e entendi tudo errado, peço desculpa e estou totalmente de acordo com todas vocês.

      Excluir
    6. Nao, "amor", CROWDFUNDING nao eh so isso...olhe fora da bolha, fora do Brasil, fora do seu mundo...mas como falei, preguica master de fazer alguem aqui entender...

      Excluir
    7. gente, psarece que tem gente que ainda não entendeu, ou não quer enter o projeto. é superbacana. você dá suporte para uma marca continuar viva e ativa e recebe seu maiô. quem " doa" o dinheiro, na verdade, compra antecipado. Você não vai comprar seu maiô duas vezes não! que é isso! pára pra ler antes de falar! fica super claro no vídeo que eles colocam no site.]você paga pelo maiô e ganha um brinde por ter comprado antecipado. não é absurdo e nem pobreza. Para os que estão falando de pegar empréstimo no banco, vai você como micro empresário ver como é antes de falar! absurdo são esses comentários que não sabem de nada!

      Excluir
  16. Cara de pau só existe por causa dos ingênuos, é uma balança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maroca is back com toda sua filosofia de boteco!!

      Excluir
  17. Besouro Suco, Besouro Suco, Besouro Suco!!!!!!!

    ResponderExcluir
  18. Isso se chama crowdfunding. Em vez de ir logo metendo o pau, vocês poderiam se colocar no lugar dessas pessoas e dessas marcas, se é que realmente fazem um trabalho sério.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Acho honesto. Doa quem curte a marca e quer que ela continue.

      Excluir
  19. O pessoal curte falar mal só. Tem aquela mentalidade quadrada para novidades, ainda mais no caso do crowdfunding, que é uma tendencia que só vem crescendo. Sem contar que o investimento em desenvolvimento e produção de uma coleção não é uma coisa barata. Alguém aí falou em 20 reais para fazer uma peça, ok, vc consegue produzir um biquini com 20 reais, mas fora isso tem todo o desenvolvimento de estilo e modelagem que não é nada barato.

    ResponderExcluir
  20. Tem que pagar aluguel, modelista, maquinario, site no ar, publicidade, etc, etc, etc...Eu acho crowdfunding super honesto pra este caso. Se a pessoa curte a marca, acredita no estilo e quer dar uma forca, qual o problema? Falou tudo amigue, cabeca quadrada dessa galera...depois fala das blogueiras todas iguais, mas nao podem ver uma ideia diferente que ja atacam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro esse blog.
      De verdade.

      Principalmente pq antes dele já acessei blog com "diquinhas" para as leitoras
      e na ignorância não me toquei que aquilo era publicidade mascarada.

      Mas nesse caso ou ela não entendeu a proposta na hora de criticar
      ou simplesmente temos ideias diferentes quanto a esse tipo de projeto.

      Acontece, né?

      Mas concordo com vc.
      Principalmente pq muita gente acredita no projeto e quer coisas diferentes, que nunca vai achar em lojas convencionais.

      Excluir
  21. Com 20 reais vc produz um biquini para vc, que vc copia de uma revista e sua costureira faz, agora para vc produzir, 20 reais vc gasta só para fazer o molde, o problema é que hj em dia virou moda falar mal de tudo e as pessoas vem aqui comentar sobre aquilo que nem sabem, a empresa está pedindo ajuda e não obrigando ninguém a contribuir, se a pessoa gosta do produto e quer contribuir isso é com ela, ninguém fala mal de livro porque livro é cultura e quem for contra vai parecer burro (mesmo que nunca tenha lido um livro na vida apoia e elogia) agora roupa é futilidade e bla bla, mas todo mundo compra e muitas vezes paga 50 em uma peça que custou 5.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Blá, blá, blá whiskas sachê

      Excluir
  22. Me assusta um pouco como os valores estao se invertendo... Ate um tempo atras isso era cara de pau, agora eh crowdfunding... Entao ta, ne...

    ResponderExcluir
  23. Particularmente, morreria de vergonha de pedir uma ajuda dessa forma, mas acho assim: a loja pediu ajuda, doa quem quiser.
    Com o BlogueiraShame eu aprendi uma coisa: se tem gente que acha que a Lalá, a Mariah, a Tássia (!), se vestem bem...tem gente pra tudo nesse mundo!
    Deixa o povo doar, ganhar um brinde fuleiro e ser feliz! Hahahahaha.

    ResponderExcluir
  24. Achei que a proposta do Shame era falar de blogs de forma ignorante, mas agora a Priscilla também mostra falta de conhecimento de mercado com técnicas novas de administração e marketing e não só na área dela mesma. Incrível.

    Isso é crowdfunding. O produto é cultural, é moda local numa cidade em que ninguém investe nisso. A marca é pequena, o post não tá num blog, tá num projeto feito só pra isso. Ninguém é obrigado a doar e a doação funciona como uma compra antecipada (você retira o valor em produto). É um crédito, uma conta pré-paga.

    Mas sei lá, é tanta gente ignorante comentando aqui sempre que se você não sabe nem mexer numa merda de conta do Instagram sem fazer cagada sendo que é tua área não ia ser na administração de empresas que você ia entender alguma coisa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito!
      Ninguém se deu ao trabalho de ver que não é post em blog e sim um site específico de projetos colaborativos.
      Mas é mais gostoso falar mal dos outros, né?! Dá nisso....

      Excluir
  25. querida! ja disse, desista do seu blog é muito palha. E outra coisa, eu conheço o trabalho desta pessoa a muito tempo e ela tem muitos clientes (coisa que pelo jeito aqui vc nao tem, haha) vc vai pro inferno, isso vc pode ter certeza. Vai estudar querida, ser alguém na vida, pelo jeito ta meio difícil pra vc ter que apelar pra um blogzinho de merda.

    ResponderExcluir
  26. Acho que é muita falta de organização de uma empresa que está há 4 anos no mercado ainda não ter capital pra lançar uma coleção.
    Conheço a marca e já fui cliente, fizeram mó estardalhaço pra última coleção de biquínis que ficaram extremamente caros e não eram lá aquelas coisas. Depois começaram a trabalhar com drop shipping (comprando roupas made in china e revendendo por encomenda).
    Pelo que vi venderam bem desse jeito e mesmo assim não conseguiram verba pra lançar uma coleção?
    Entendo e apoio o crowdfunding para empresas que acabaram mesmo de começar (menos de 1 ano) e de quem acabou de sair da faculdade e tem a coleção toda desenhada mas não tem como lançar os produtos, mas de uma empresa com mais de 4 anos e que não vive só de suas criações pedir isso? É realmente falta de profissionalismo e 0 de gestão de negócios, por isso, nesse caso apoio o post da Shame

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os primeiros 5 anos das micro e pequenas empresas sao os anos aonde mais empresas vão a falencia. Demora muito mais do que isso para empresa se tornar estavel , mas aposto que voce nao tem uma empresa pra saber disso e fala sem conhecimento nenhum.

      Excluir
  27. Natalia Fabrizia Contin23 de outubro de 2012 18:30

    Acho que quem posta aqui no site (que agora está uma MERDA), que deveria tomar vergonha na cara. O site ja foi bom, falou em quem nós deveríamos confiar e etc mas agora ela não tem mais matéria e fica bombardiando tudo que aparece.
    e vocês dos comentários SE INFORMEM, chegar aqui e ler é fácil, saber o outro lado da história para ver se é verdade ou entender, ninguém quer né?
    PAREM DE FALAR SE NÃO SABEM

    Conheço a loja, conheço clientes da loja e nunca reclamaram de absolutamente nada, o projeto era um Financiamento coletivo que aqui no Brasil as pessoas estão tomando conhecimento só agora.

    ResponderExcluir